Quem é o Batman?

ben-affleck

Ben Affleck e seu Oscar de Melhor Diretor por “Argo” (2013)

Ben Affleck é um famoso ator norte-americano que nunca ganhou um Oscar com sua atuação, mas que já levou duas estatuetas em duas outras categorias, roteirista e diretor.

O mercado cinematográfico vem caindo muito em excelência ultimamente, temos poucos filmes nota máxima e muitos filmes “blockbusters” com algum grande atrativo.

Acredito que isso deve-se muito ao atual fácil acesso que o mundo está tendo sobre as grandes produções antes mesmo que elas estejam no cinema. Assim as decisões dos produtores podem ser questionadas a todo momento.

Lembro-me como se fosse ontem quando Heath Ledger foi cogitado para fazer um papel importante em Cavaleiro das Trevas. Os xingamentos e as indignações foram imensas na internet, haviam discussões imensas em fóruns, sites especializados perdiam o profissionalismo e seus escritores publicavam opiniões próprias cheias de preconceito. Até mesmo revistas especializadas da época mostraram indignação perante a escalação do ator.

A situação era a seguinte: ator principal de “O Segredo de Brokeback Mountain” iria atuar como Coringa em um filme do Batman, sim o ator que aparece beijando outro homem em cenas quentíssimas.

Naquela época eu já era fã do ator, não por O Segredo de Brokeback Mountain (que sinceramente ainda não havia assistido), mas por Coração de Cavaleiro, para mim um dos melhores filmes do gênero medieval na época. E não era pouco o tanto que gostava do ator, tanto que o seu papel no filme medieval tinha me cativado tanto que usava o nome do personagem para fazer até e-mails e cadastros na internet na época.

mugshot-robert-downey-jr

Robert Downey Jr. ao ser preso em 1999 por ter invadido a casa de um vizinho portando uma arma e drogas.

Então iniciou-se as gravações e as primeiras fotos do set mostravam uma bela maquiagem e caracterização do ator, mas até aí era só trabalho dos diretores de arte e figurino. Mas o tempo passou e os primeiro teaser começaram a sair, então o fãs começaram a ver que o personagem gay não tinha muito de igual com o personagem psicótico.

Enfim o filme estreou e todos os fãs que entraram nos cinemas no dia de estreia de Batman saíram de lá com uma só opinião: Heath Ledger merece o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, ou até o de Melhor Ator, tamanha sua atuação, que em certos momentos chegou a ofuscar Christian Bale e sua máscara de Batman.

Mas isso já era tarde, pois Heath Ledger, um excelentíssimo ator, capaz de interpretar um plebeu ambicioso (Coração de Cavaleiro), um adolescente bonitão (10 Coisas que Odeio em Você), um gay apaixonado (O Segredo de Brokeback Mountain) e até mesmo um louco psicótico como o Coringa, já não estava entre nós.

Sim, pois no tempo de pós-produção o ator morreu em seu apartamento em Nova York, vítima de overdose com remédios que usava para conseguir dormir. Isso porque o seu último personagem, o Coringa, estava afetando-lhe psicologicamente.

Então pergunto, o que será que causava essa pressão? Será que era o fato de o Coringa ser alguém psicótico? Acredito que não, pois quase todos os filmes com vilões tem atores interpretando personagens psicóticos e nenhum deles costuma morrer de overdose.

Então só sobra uma hipótese, a pressão vinha dos fãs, eles que diariamente gastavam horas e horas de suas vidas para criticar o trabalho do ator em um filme que eles sequer haviam chegado a ver ainda.
Será isso um exagero, não, não é um, é um fato, a pressão dos fãs podem e com certeza devem afetar a mente de atores, muito mais de atores como Heath na época, pois esse era o primeiro grande papel da carreira do jovem ator.

meh

Heath Ledger em seu polêmico papel gay em “Brokeback Moutain”, mas com a maquiagem do personagem Coringa, que lhe valeu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, mesmo já falecido.

Isso também aconteceu com outros atores, até onde sei, nenhum deles chegou ao óbito, mas com certeza foram afetados por essa negativa prévia de fãs que acreditam que o rosto de um ator é o que define o quão parecido ele pode ser com o papel proposto, assim esquecendo que atores são profissionais que trabalham com a arte de interpretar diferentes personagens e moldar não só a aparência, mas toda a sua mente e personalidade quando tem que exercer sua função.

 

Então assim como aconteceu com Heath Ledger, Robert Downey Jr. e seu Homem de Ferro (esse estava voltando de um longo período de uso de drogas), Hugh Jackman e seu Wolverine (sendo que o ator mede 1,88m e o personagem apenas 1,62m), até mesmo Christian Bale com o manto de Batman, além de tantos outros atores excelentes que antes foram pré-julgados sem nem mesmo terem a chance de estrearem com seus personagens para receberem as críticas negativas, o mesmo está ocorrendo com Bem Affleck e seu novo papel, o Batman.

Como disse no início deste artigo, Affleck tem um grande currículo atrás das câmeras, mas sempre manteve personagens medianos em frente à elas, mas currículo não era o forte dos outros atores citados acima (salvo exceção Christian Bale e seu excelente papel em “O Operário”), então porque continuamos com esse monte de críticas em cima de atores escalados para personagens icônicos?

Acredito que Bem Affleck tem o direito de representar o Morcego nas telonas, assim como os outros tiveram acima, gosto das opções ditadas pelos fãs, como Josh Brolin, que acho um excelente ator, mas ele também é uma incógnita, pois nunca vestiu o “Bat-uniforme”, assim como Affleck.

Então pensem nisso, antes que suas palavras possam novamente destruir a mente de um ator talentoso como Heath Legder.

Wolverines


Gounford acredita que a arte de atuar significa moldar-se em várias pessoas.

Postado em by Kinho - Pilares
  • Clovis Junior

    Acredito que a pressão venha mesmo é das mídias que se dizem especialistas do assunto “fazendo” a cabeça dos seus leitores/seguidores. Muitos não conseguem pensar de forma diferente da imprensa, buscam as tais críticas e as compram como fosse a única/absoluta verdade. Temos que pensar diferente, saber esperar, para não cairmos em pré-conceito.
    Do lado dos fãs, é difícil aceitar o seu herói favorito ir parar nas telonas e não ser interpretado da forma como queremos. Creio que depois de grandes vitórias no cinema que a Marvel obteve com o Homem de Ferro e os Vingadores, os amantes da DC ficam com certo receio ao ver quais atores interpretarão o Homem morcego. E querer que o seu personagem de maior peso, tenha os mesmo sucessos como os da concorrente é o sonho dos fãs.
    Então, como comentei acima, vamos esperar e desejar que sejamos surpreendidos positivamente.
    E fãs, vamos começar dar tempo ao tempo e criticar quando a obra estiver concluída. E outra coisa, comecem a pensar por si só, e não pelo que a mídia “joga/vomita” para nós.

  • Pingback: Coliseucast #52 – Eduardo Spohr | Coliseu de Ideias()

  • Cara, eu concordo discordando kkk quero dizer que entendi o texto, que as pessoas ficam com muito mimimi que chegam a podar coisas que tem chances de sim, darem certo. Mas na minha opnião particular, pessoal e totalmente intima rs esse filme do Superman com Batman é a melhor merda que vão fazer, isso é o tipico filme mercenario, feito pra arrecadar milhoes e que vai ser uma merda sem limites. È algo sem pé nem cabeça, concordo sobre o infortunio dessas criticas bobas em cima do cara escolhido só por que ele “não parece com o do quadrinho”, pra mim o Afleck tem competencia de fazer um bom batman, se tiver um bom tudo por traz, minha critica e que esse filme não deve nem existir, por isso essa relação de qual ator e quem faz o que não fez e nem fara diferença pra mim, por que eu não vou ver essa merda no cinema. Chega de filme de quadrinho! kkk Bom texto! Concordo com você, fã boy é a desgraça! kkk

    • Lembrando, também não gosto do fato do filme existir…

      Eu como bom fã (muitas vezes fãboy) do Batman, considero ele um personagem a parte do mundo da DC. Ele não cabe no meio daqueles extraterrestres com superpoderes!

      É um personagem muito mais cerebral e com grande apelo à inteligência, não à brutalidade exercida por Super-Homem e outros…