Pink Flamingos – 1972 (John Waters)

05 -10O filme mais podre do mundo  

93 min | Comedia - Crime - Horror | EUA

93 min | Comedia – Crime – Horror | EUA

John Waters é sem sombra de duvida o diretor mais trash e transgressor da historia do cinema. Em Pink Flamingos ele simplesmente entrega ao publico um verdadeiro estupro visual, banhado a sangue e coco. Tudo que “João Aguá” queria nesse longa era agredir, e ele conseguiu, mas conseguiu fazendo de maneira critica, o que é mais legal.

Cropofagia, incesto, zoofilia, homicídio, estupro, canibalismo, podolatria e toda a sorte de violência visual que só o trash pode proporcionar. O que posso dizer perante isso é que, mesmo depois de perolas como Hungry Bitches e Mártires, esse foi o filme mais podre que já vi. De tudo que há de mais errado e nojento na humanidade, a única coisa que esse filme desviou foi da pedofilia e da necrofilia, de resto, está tudo lá.
Não é para qualquer um.
Um clássico indigesto.

Trailer

Indgnato ficou mal.

Postado em by Kinho - Review