Olympia – 2013 (Austra – Paper Bag Records)

46 min – Synthpop | Dark wave | New wave | House | Indietrônica – Inglês

No segundo álbum a banda Canadense se foca nas canções e nos traz grandes surpresas como “Home” e “Paintfful Like”. Liderada pela talentosíssima Kate Stelmanis, que é sem duvida uma das melhores cantoras de sua época, Austra se mostra uma banda esperta e promissora pra cena. Junto com Feel it Break, seu primeiro álbum, Olympia consta nas listas de melhores álbuns do estilo nos últimos anos, junto com nomes como Melody A.M. dos Noruegueses Royksopp, o que não é pouca coisa!

Nas faixas “Forgive me” e “We become” (que pra mim, é a melhor musica do ano), somos afundados num espírito oitentista, sobre ótimos arranjos, carregados de A-Ha, New Order, Queen, Kate Bush e outros grandes. Tudo isso, sobre a graça e competência do trio que não tem como influências estes que citei. Engraçado não?

Numa época, onde tudo é robótico, sem sentido, pasteurizado e comum, ver um álbum que, apesar de não renovar nada, traz música de qualidade aos ouvidos, com experimentações de sons, trabalhos vocais incríveis e boas letras, é quase um milagre escutar algo como Olympia.

Produção: Austra e Mike Haliechuk

FAIXAS: (Todas as letras e composições por Austra)

1.What we done?” – 5:00

2.Forgive me” – 3:20

3.Painful like” – 3:59

4.Sleep” – 4:32

5.Home” – 4:15

6.Fire” – 4:42

7.I don’t care (I’m a Man)” – 1:11

8.We become” – 4:22

9.Reconcile” – 3:31

10.Annie (Oh muse, you)” – 3:47

11.You changed my life” – 3:11

12.Hurt me now” – 3:54

Indgnato está escutando “We Become” enquanto você lê isso.

Postado em by Kinho - Review