Nebraska – 2013 (Alexander Payne)

110 min. – Drama – EUA

Infelizmente após envelhecermos pouca coisa resta da pessoa que um dia fomos, e isso é o que trata o filme Nebraka, onde conta a história de Woody Grant (Bruce Dern), um velho senhor que acredita ter ganhado 1 milhão de dólares e que tem que ir até o estado vizinho buscar sua fortuna.

Na verdade o velho apenas tem um folheto de uma editora de revistas, não tendo ganhado nada de verdade. Mas sua insistência é tão grande que seu filho David Grant (Will Forte) percebe que essa insistência de seu pai é apenas a única coisa que ainda o liga à vida, um único objetivo que ele tem para ainda estar vivo. David então resolve levá-lo até o destino.

Mas seu pai, alcoólatra, depois de uma bebedeira cai e machuca a cabeça, tendo que ficar mais um dia no hospital, assim atrasando a viagem e obrigando que passem uma temporada na cidade natal de seu pai.

Lá David descobre que seu pai já foi muito mais do que um velho alcoólatra e que tinha um espírito tão bom, que seus parentes e amigos sempre abusavam de sua boa vontade. David então tem agora que lidar com essas pessoas, que acreditam que o velho Woody realmente ganhou uma fortuna e querem uma parte dela.

Nebraska conta apenas a vida de um velho pai não muito querido por seus filhos, mas que foi um homem bom quando mais jovem. Mostrando a relação entre ele e seu filho, além de marcando sua tragaria com um novo objetivo de vida.

Sem grandes surpresas, Nebraska mostra que a situção atual de uma pessoa pode muito ter sido influenciada por seu passado.

Bruce Dern realmente parecia estar vivendo em um outro mundo enquanto atuava como o velho Woody, além disso o destaque vai para June Squibb, que interpreta Kate Grant, esposa de Woody. Os dois concorrem as estatuetas de Melhor Ator e Melhor Atriz Coadjuvante.

Outro destaque vai para a direção de Alexander Payne, que decidiu rodar o filme todo em preto e branco, assim dando um tom mais dramático à trama, o que também lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Diretor.

Com mais três indicações incluindo Melhor Filme, no total de seis, Nebraska pode sair sem nenhuma estatueta, mas já sai com o destaque de ter contado uma bela história.

Gounford acredita que deve-se lutar por um objetivo, por mais distante que ele pareça.

Postado em by Kinho - Review