Estação Carandiru – 1999 (Drauzio Varella – Companhia das Letras)

297 pag. – Romance

Caminhando com a graça de uma bailarina entre o caos e a comédia, Drauzio Varella nos entrega um relato que só pode ser descrito como mágico em sua narrativa leve de personagens carismáticos, suas experiências pessoais e profissionais na Casa de Detenção de São Paulo, de 1989 ao famoso “massacre” de 1992 e além. Usado por uma simplicidade invejável, Drauzio nos leva para passagens espirituosas e trágicas de milhares de vidas sem usar da critica para chocar ou da denuncia para alertar. Uma verdadeira obra prima, que leva o leitor do mais sincero sorriso ao mais profundo penar em uma única frase. Um romance irretocável.

Raul

Raul Lima de Albuquerque acha que esse livro “é sem chance”.

Postado em by Kinho - Review