Coliseucast #62 – Derrotas no amor parte 3

coliseucast_62_derrotas_no_amor_parte_3

Hoje, Kinho, Gui, Sr. N. e Indgnato, se reúnem no Bar da Amargura para falar de suas derrotas no amor. Descubra nesse programa que com traficantes não se brinca, que a mentira não é uma escolha (masculina), que não se espera para o sexo e muito mais.

Pelejas da semana

Contatos

Mande sua crítica, esporro ou sugestões no coliseudeideias@coliseudeideias.com.br
Siga-nos no Twitter: @coliseudeideias
Curta nossa pagina no Facebronks em facebook.com/coliseudeideias
Ah! Olha o nosso Feed aqui!

Reproduzir

Postado em by Kinho - Coliseucast
  • Pingback: Coliseucast # 70 – Derrotas no amor parte IV | Coliseu de Ideias()

  • José da Silva

    Cara, sei que já tem um tempo esse cast, mas tenho algo a dizer ao Nathan: brother, se vc ainda tem uma outra pessoa na cabeça ou coração, não se case, não tenha filhos, siga como solteiro até esquecer e só depois se relacionar com outras pessoas pra valer. Não sou dono da verdade e nem representante da moral e bons costumes, mas o que vc fez e deixou eternizado neste cast foi uma puta falta de sacanagem com a sua esposa, humilhou ela publicamente.

  • Pingback: Radioteca #08 – Pra sempre: Kate Bush | Coliseu de Ideias()

  • wesley

    Vcs sao fodas!

    • Valew Wesley , abraços!

  • Muito bom ;D
    Vou acompanhar

  • Gisele Dias

    Excelente cast! ri muito com vocês! Natan vc é maluco!! shaushaushausha sua história de não é só de derrota de amor, é uma história de vida!! shauhsuahsuah

  • Rafael Bullon

    A minha derrota do amor foi quando tinha 14 anos. uma amiga era apaixonada por mim, só que eu era/sou gay, eu até que tentei cara, só que não deu, ela não sabia, mas descobriu a dois anos atrás (Tenho 18 hoje), e ela me desconjurou de tudo quanto é forma, parecia que eu era filho de Satan, aí eu perdi a cabeça também e mandei ela tomar no reto, mas até hoje eu tenho um anel que ela me deu, eu também dei um pra ela na época, só que o meu já deve ter enferrujado porque era metal barato!

  • Excelente episódio pessoal. Dei muitas risadas, mas fiquei com dó do Nathan. Parabéns pelo trabalho! Abraço