Review

Lara Croft: The Guardian of Light – 2010 (Crystal Dynamics – Square Enix)

Postado em by Kinho - Review | Deixe um comentário  

05 -10Tá ruim, mas tá bom

cover-1

Android | BlackBerry | PlayBook OS |Google Chrome | iOS | PlayStation Network | Xbox Live | PC – Ação | Plataforma

The Guardian of Light é um jogo bem intencionado, na verdade, ele é divertido e tem uma boa jogabilidade, com varias opções de ação para uma aventura em plataforma isométrica, com puzzles interessantes e uma boa ambientação. O seu grande problema são os bugs.

Sinceramente me diverti muito com os erros absurdos da engine enquanto jogava. Como estava co-op, tudo virou brincadeira, mas fiquei pensando no cara que o comprou e jogou sozinho, o quanto esse jogo foi frustrante, já que por varias vezes tivemos que reiniciar as telas por causa de seus bugs.

Não é a melhor experiencia do mundo, mas se está a procura de um jogo co-op, levando em conta a escassez de opções, penso que apesar dos apesares possa vale a pena se arriscar.

 

 

Leia mais

Entre Abelhas – 2015 (Ian SBF)

Postado em by Kinho - Review | 2 comentários

06 - 10Muito bom

434215

É engraçado, e talvez piegas, mas sem amor, a vida não faz sentido. E apesar de hoje vivermos dias estranhos para os românticos, todos vivem, mesmo que discreta ou inconscientemente a procura de um amor; e só quem já viveu um amor, sabe como é igualmente estranho viver longe de quem se ama, como tudo fica vazio e como é difícil entender porque acaba.

No melhor estilo indie, Fabio Porchat estrela em ótima atuação essa dramedia com seu parceiro Ian SBF arrebentando na direção com um filme simples mas poderoso, que brinca com seus gêneros e é bem sucedido na mensagem.

O único (único mesmo) ponto fraco do filme é a trilha deslocada e pouco inspirada da obra, de resto, tudo está de parabéns sem ressalvas.

Agora é esperar sair o do Porta dos Fundos, que promete.

Leia mais

Suspiria – 1977 (Dario Argento)

Postado em by Kinho - Review | Deixe um comentário  

07 - 10A Mãe dos Suspiros

suspiria-movie-poster-1977-1000436044

92 min | Horror – Mistério | Italia

Suspiria é um show de arte, e já aviso a você leitor que veja essa obra esperando não uma historia, mas sim, uma experiência áudio visual, pois é nisso que a obra se vale: fotografia, direção de arte e música. Apesar da boa direção, Dario peca nos diálogos e na escolha dos atores, o que enfraquece a sua obra, mas que nem de longe a torna desinteressante.

Primeira parte da Trilogia das Bruxas, o filme conta a historia supostamente real da avó da esposa de Argento, que disse que em sua juventude, quando estudava balé, descobriu uma escola onde moravam bruxas, e que fugiu de lá.

Com tom de fantasia, o maior erro do filme foi não se assumir como uma obra infantil, de qualquer forma é um filme belíssimo, com uma trilha incrível e que deve ser visto, principalmente pelos amantes do gênero.

Leia mais

Que Horas Ela Volta? – 2015 (Anna Muylaert)

Postado em by Kinho - Review | Deixe um comentário  

07 - 10E elas sempre voltam.

112 min | Drama | Brasil

Que Muylaerte é uma das mulheres mais importantes do cinema Nacional, o Brasil já sabe, mas agora com Que Horas Ela Volta? , o mundo inteiro ficou sabendo.

Eu poderia dizer das atuações apontadas e comedidas de todo elenco, do argumento fantástico, da direção poderosa, do brilhantismo de falar da vida comum, e outros inúmeros pontos positivos dessa obra. Mas vou falar de sua importancia. Importância que consiste não na denuncia, e sim no retrato de como nascem e crescem os filhos de toda uma nação, nação de qual eu faço parte. Só quem é filho de uma Dona Val, ou é uma Dona Val vai entender o preciosismo dessa obra, mas acho difícil acontecer o contrario, afinal, quem não conheceu ou conhece uma Dona Val (Regina Casé)?

O mais legal disso tudo, é que, pelo sucesso que essa pequena perola está fazendo, acho que existem milhares dessas personagens pelo mundo, aqui, na Europa, na Asia…Eu sou filho de uma dona Val, por isso nunca vou me esquecer desse filme, pois ele não fala de um palhaço de capa colorida que vai salvar o mundo de um perigo imaginário, ela fala do verdadeiro ser mais forte que existe, salvando quem ama do perigo real.

Leia mais

Febre do Rato – 2011 (Cláudio Assis)

Postado em by Kinho - Review | Deixe um comentário  

07 - 10Cinema Brasileiro de primeira linha. 

110 min | Drama | Brasil

110 min | Drama | Brasil

Depois de Amarelo Manga Cláudio Assis continua sua parceria com Hilton Lacerda e entrega um tipico filme Tupiniquim, anarquista, poético, sexual, transgressor e cheio de passagens engraçadíssimas.

Com uma fotografia exuberante, e a ajuda do hiper talentoso Irandhir Santos, o diretor conta sua historia de forma bela em um preto e branco bem usado.
Um filme para poucos, mas de qualidade inegável. O Os Idiotas Brasileiro, e isso é um grande elogio.

Leia mais